Escolha uma Página

O Flamengo entrou no G-4 ao vencer (3 x 1) o Athletico Paranaense na tarde de ontem (4), no Maracanã, com todos os gols no segundo tempo, embora tenha sido um mandante que teve o jogo sob controle desde o início. Pedro fez 1 x 0 aos 11 e Bruno Henrique ampliou aos 14, de pênalti, toque do lateral Leo Gomes. O gol de cabeça de Kayzer, do Athletico, aos 22, não assustou porque o Flamengo continuou dominando e chegou aos 3 x 1, aos 32, com a finalização certeira de Everton Ribeiro no canto.

SEIS PONTOS – Flamengo subiu duas posições, do sexto ao quarto, com 21 pontos em 12 jogos – 6 vitórias, 3 derrotas, 3 empates -, empatado em gols (17), com Palmeiras, terceiro, e Internacional, vice-líder, ambos com 22 pontos, mas com saldo inferior ao do Palmeiras (6), que sofreu 11, e ao do Internacional (8), que sofreu 9, porque sua defesa sofreu 15 gols. Dos quatro primeiros, o Atlético é o único que não empatou – 9 vitórias, 3 derrotas -, e o Palmeiras, único que não perdeu (5 vitórias, 7 empates).

FLAMENGO – Hugo Souza, Isla, Gabriel Noga, Natan e Filipe Luis (Ramon); Arão (cap), Gerson e Arrascaeta (Diego); Vitinho (Everton Ribeiro), Bruno Henrique (Michael) e Pedro (Lincoln). Técnico – Jordi Guerrero, enquanto Domènec Torrent aguarda liberação médica para voltar à área técnica. Foi o primeiro dos 10 jogos em 30 dias, até 4 de novembro, e o Flamengo voltará ao Maracanã para o jogo de quarta (7) com o Sport. O clássico do próximo sábado (10) com o Vasco será em São Januário.

OUTUBRO – Dia 13 com o Goiás e dia 15 com o Bragantino, o Flamengo completará os cinco jogos consecutivos no Rio, o que é visto com otimismo para que o time consiga 12 pontos. Os outros dois jogos de outubro do Campeonato Brasileiro serão fora do Rio, dia 18 com o Corinthians, e dia 25 com o Internacional, quatro dias antes do jogo com o Junior Barranquilla, dia 21 no Maracanã, pela Libertadores. Dia 28, o jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil, com o Athletico, em Curitiba, e o da volta, dia 4 de novembro, no Maracanã.

SÉTIMO 0 x 0 DO CAMPEONATOFortaleza e Atlético Goianiense fizeram o segundo 0 x 0 da décima terceira rodada, na noite de ontem (4), na Arena Castelão, e o sétimo 0 x 0 do Campeonato Brasileiro de 2020. Por coincidência, o segundo 0 x 0 de cada um. O Botafogo, recordista de empates (9), divide o primeiro lugar de 0 x 0 com o Corinthians, com 3. Em 125 jogos, 299 gols, média de 2.39 gols por jogo.

GOL ANULADO – O árbitro José Mendonça Silva Junior, da Federação Paranaense, alertado pelo VAR, anulou o gol do lateral-direito Tinga, do Fortaleza, porque no início do lance o lateral-esquerdo Carlinhos cometeu toque com a mão, aos 18 minutos do segundo tempo. O Fortaleza completou um mês sem perder em cinco jogos, desde a derrota (2 x 1) para o Flamengo na oitava rodada. Décimo com 17 pontos, o Fortaleza está uma posição acima do Atlético Goianiense, com 15 pontos.

Foto: Buda Mendes / Getty Images