Escolha uma Página

O Vasco só conseguiu no minuto final dos acréscimos do segundo tempo o gol da primeira vitória na Taça Guanabara, com a cabeçada do atacante argentino German Cano, aos 49, após cruzamento do meia Gabriel Pec. O time e o técnico Abel Braga foram muito vaiados, na noite de ontem (25), no estádio Kleber Andrade, em Cariacica, na Grande Vitória, onde o jogo foi disputado sob chuva. R$165.327,00. 6.087 pagantes.

MUITO RUIM – O Vasco voltou a fazer apresentação ruim, após o 0 x 0 na estreia com o Bangu, em São Januário, e a derrota (1 x 0) para o Flamengo, no Maracanã. A primeira vitória não representou atuação melhor e o time voltou a errar muitos passes e a finalizar muito mal. Com 4 pontos e sem saldo de gol (1 a 1), o Vasco é quarto no Grupo B, e deve terminar a rodada cinco pontos atrás do Fluminense (6), que joga hoje (26) com o Bangu, e do Madureira, que lidera com 9 pontos, após ganhar (1 x 0) da Cabofriense.

O GOLEADOR – Campeão argentino de 2007 no Lanús, German Cano, de 32 anos, 1,74m, usou bem a cabeça para completar o cruzamento do meia Gabriel Pec, aos 49 do segundo tempo. Cano foi campeão da Copa Colômbia pelo Independiente, e jogou também na outra equipe de Medellin, o Nacional. Destacou-se no México pelo Pachuca e Leon. O próximo jogo do Vasco será com a Cabofriense, quinta (30), no estádio de São Januário.

FERNANDO MIGUEL, Pikachu, Werley, Leandro Castan e Henrique; Raul (Vinícius, 29 do segundo tempo), Bruno Gomes e Juninho (Gabriel Pec, intervalo); Talles (Ribamar, 38 do segundo tempo), German Cano e Marrony, escalação que deixou muito a desejar e tornou ainda mais desgastada a imagem do técnico Abel Braga, vaiado e ofendido em vários momentos do jogo em que o Vasco decepcionou.

BOAVISTA – Klever, Wellington Silva, Victor Pereira, Elivelton e Jean; Jeferson (Luis Soares, 24 do segundo tempo), Fernando, Michel e Erik; Caio (Renan Donizete, 43 do segundo tempo) e Tartá (Cassimiro, 42 do segundo tempo). Técnico – Paulo Bonamigo. O Boavista Sport Club, com 4 pontos, pode perder a vice-liderança do Grupo A para o Bangu (2 pontos), que hoje (26) joga com o Fluminense, no estádio da estação de Guilherme da Silveira.

QUATRO CARTÕES – Boavista 0 x 1 Vasco foi sob chuva e teve boa arbitragem de Alex Stefano, que advertiu com cartão amarelo o zagueiro Leandro Castan, do Vasco; os zagueiros Elivelton e Victor Pereira, e o meia Erik, do Boavista. O time de Bacaxá, distrito de Saquarema, também precisa apresentar rendimento mais convincente.

Foto: Rafael Ribeiro