Escolha uma Página

Com desempenho melhorando a cada jogo, o volante carioca Patrick de Paula, de 20 anos, 1,80m, revelado na Taça das Favelas, marcou o golaço da primeira vitória (2 x 1) do Palmeiras, em seis clássicos em 2020, sobre o Santos, na tarde de hoje (23), no estádio do Morumbi. Patrick de Paula foi um dos destaques na fase decisiva do Campeonato Paulista, marcando gol na semifinal com a Ponte Preta e convertendo o último pênalti (5 x 4) na decisão com o Corinthians.

EM ASCENSÃO – O Palmeiras, do técnico Vanderlei Luxemburgo, fez sua melhor apresentação e já saiu em vantagem para o intervalo, com o gol do gaúcho Luiz Adriano, aos 45, convertendo no canto direito o pênalti que o volante Alison cometeu com o braço, ao desviar a falta cobrada pelo meia Bruno Henrique. Depois que o VAR confirmou o pênalti, marcado com acerto, o árbitro foi cercado pelos jogadores do Santos e a cobrança só foi feita cinco minutos depois. Uma vergonha!

GOL CONTRA – O Santos não foi o time criativo de outros jogos, ressentindo-se da boa atuação de Marinho, que quase nada produziu, e só conseguiu o empate, logo aos dois minutos do segundo tempo, com o gol contra do meia Ramires, que substituiu Bruno Henrique no intervalo. Depois da falta cobrada pelo meia uruguaio Carlos Sanchez, dos poucos que se salvaram no time do Santos, o meia Jobson fez o desvio e Ramires, na tentativa de rebater, acabou marcando contra.

BELO GOL – A vitória do Palmeiras foi conseguida aos 28 minutos, após boa jogada do meia Willian, que substituiu o apagado Rony, ainda sem gol desde que chegou do Athletico Paranaense.Willian fez um lançamento pelo alto e Patrick de Paula não deixou a bola tocar no gramado, emendando de primeira, com força e precisão, no canto. A segunda vitória consecutiva fez o campeão paulista subir cinco posições e terminar a quinta rodada, com um jogo a menos, em quarto lugar com oito pontos.

PATRICK DE PAULA está no radar de vários clubes da Europa. O primeiro a fazer proposta foi o Benfica, a pedido do técnico Jorge Jesus, que o considera com as mesmas caracteristicas de Gerson, meia que o Flamengo não quis vender. A oferta de 14 milhões de euros – R$90 milhões – não sensibilizou o Palmeiras, que admite negócio a partir de R$120 milhões. Patrick de Paula disse que se sente bem em São Paulo e resumiu sorrindo: “Jogo no Palmeiras com a mesma alegria com que jogo com a molecada no bairro”.

EXPULSÃO – O árbitro paulista Vinícius Dias Araújo, que completou 41 anos hoje (23), aplicou nove cartões, cinco em jogadores do Palmeiras: Bruno Henrique, Ramires, Gabriel Silva, Luiz Adriano e Rony. Os advertidos do Santos foram Felipe Jonathan, Diego Pituca e o volante Alison, expulso após o segundo amarelo por um carrinho desleal no lateral Mayke, nos acréscimos do segundo tempoAlison não disputará o próximo jogo, domingo (30), com o Flamengo, na Vila Belmiro.

PALMEIRAS – Weverton, Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Bruno Henrique (Ramires), Gabriel Menino (Gustavo Scarpa), Patrick de Paula e Lucas Lima; Luiz Adriano (Gabriel Silva) e Rony (Willian). O Palmeiras será visitante na sexta rodada, sábado (29), no estádio de Pituaçu, com o Bahia, a quem tirou do G4, porque o campeão baiano perdeu (1 x 0) hoje (23), em Fortaleza, a terceira consecutiva para o Ceará, após a decisão da Copa do Nordeste (1 x 0 e 3 x 1).

SANTOS – João Paulo, Pará (Madson), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonathan; Alison, Diego Pituca (Jobson) e Carlos Sanchez (Marcos Leonardo); Marinho (Tailson), Kaio Jorge (Lucas Braga) e Soteldo. Depois de perder (2 x 0) para o Internacional, o Santos vinha de duas vitórias consecutivas – 3 x 1 no Athletico Paranaense e 1 x 0 no Sport -, e o próximo jogo é domingo (30), com o Flamengo, na Vila Belmiro.

Foto: Marcello Zambrana/AGIF