Escolha uma Página

Na noite em que o técnico Renato Portaluppi tornou-se o segundo com mais jogos (365) no comando do time, o Grêmio venceu (1 x 0) o Internacional e se igualou em pontos (7), vitórias (2), empate (1) e derrota (1) ao arquirrival, que só lidera o Grupo E pelo saldo de gols (3 a 1). O Internacional fez 7 gols e sofreu 4, e o Grêmio marcou 3 e sofreu 2. Foi o gol 22 em 100 jogos do atacante Pepê, de 23 anos, aos 29 minutos do primeiro tempo, com chute forte de fora da área no canto do goleiro Lomba.

HISTÓRICO – O gol de Pepê, atacante de 23 anos, paranaense de Foz do Iguaçu, entra para a história por ser o primeiro do Gre-Nal, em Libertadores, seis meses após o 0 x 0 de 12 de março, na Arena Grêmio, em jogo tenso e com oito expulsões. Em 100 jogos pelo Grêmio, foi o gol 22 de Pepê, que chutou forte da entrada da área, aos 29 do primeiro tempo, bem no canto, sem chance de defesa para o goleiro carioca Marcelo Lomba, ex-Flamengo. 

O FREGUÊS – Foi o quinto Gre-Nal em 2020, com a quarta vitória do Grêmio e um empate. A última vitória do Internacional (1 x 0, gol de Edenilson), foi em 9 de setembro de 2018, na Arena Beira Rio, pelo Campeonato Brasileiro. Desde então, em 10 clássicos, o Internacional não venceu e não fez gol em seis. O Grêmio quer agora igualar o período mais longo em que ficou sem perder para o Internacional, que foi o de 1999 a 2002, com oito vitórias e cinco empates.

GRÊMIO – Vanderlei, Orejuela (Ruan), Rodrigues, Kannemann e Cortez; Lucas Silva, Mateus Henrique e Darlan (Robinho); Alisson (Guilherme Azevedo), Diego Souza (Isaque) e Pepê (Luis Fernando). Técnico – Renato Portaluppi. Terça (29), o Grêmio joga em casa com a lanterna Universidad Católica do Chile, que na noite de ontem (23), empatou (1 x 1) com o América de Cali. Antes, o Grêmio será visitante no jogo com o líder Atlético, sábado (26), no Mineirão, pela rodada 12 do Brasileiro.

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba, Saravia, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Jussa; Musto, Lindoso (D’Alessandro, que completou 500 jogos pelo Inter), Boschilia e Marcos Guilherme (Leandro Fernandez); Tiago Galhardo e Abel Hernandez. Técnico – Eduardo Coudet. Terça (29), o Internacional jogará na Colômbia com o América de Cali, no estádio Pascual Guerrero. Antes, voltará à Arena Beira Rio para o jogo com o São Paulo, sábado (26), pela rodada 12 do Brasileiro.

LÍDER INVICTO, PALMEIRAS PERDE 100%

Depois de três vitórias, o Palmeiras manteve a liderança do Grupo B, como único invicto, com 10 pontos, no 0 x 0 com o vice-líder Guarani, com 7 pontos, na noite de ontem (23), no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. O Palmeiras só precisa de um ponto nos dois jogos restantes. O Tigre, da Argentina, último colocado, conseguiu o primeiro ponto no 1 x 1 com o Bolívar, terceiro com 4 pontos, mas também sem chance de se classificar.

BOM GOLEIRO – Sem ser ameaçado, o Palmeiras manteve o jogo sob controle, e nas poucas finalizações, parou nas defesas do bom goleiro argentino Gaspar Servio, de 28 anos, 1,82m, como nas finalizações de Gabriel Menino e Veron. O único lance que assustou a defesa do Palmeiras foi aos 30 do primeiro tempo, quando Fernandez acertou a trave. Entre os bons da noite do time do técnico Vanderlei Luxemburgo, o zagueiro Felipe Melo, marcando firme e até iniciando boas jogadas ofensivas.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio e UOL