Escolha uma Página

O Internacional assumiu a liderança do Brasileiro 2020, empatado em nove pontos com o Atlético Mineiro, por ter mais saldo de gols (5 x 3), ao vencer (3 x 0) o Atlético Goianiense, que estava invicto, na noite de ontem (19), na Arena Beira Rio, em Porto Alegre. Os gols foram no segundo tempo, com o volante argentino Damian Musto marcando o primeiro, de cabeça, aos 7, após escanteio de Peglow. O meia Tiago Galhardo fez o segundo aos 23 e o terceiro aos 44, cobrando pênalti que sofreu de Jean.

EXPULSÃO – Mesmo com menos um, devido à expulsão do atacante William Pottker, por falta grosseira em Edson, aos 11 do segundo tempo, o Internacional manteve o controle do jogo e sua terceira vitória, após perder a invencibilidade (2 x 1) para o Fluminense, foi justa. O time do técnico argentino Eduardo Coudet vai fazer o segundo jogo consecutivo em casa, sábado (22), precisando ganhar do Atlético Mineiro, que perdeu a invencibilidade (2 x 1) para o Botafogo, a fim de se manter na liderança.

SEIS CARTÕES – Além da expulsão de William Pottker, o árbitro paranaense Wagner Reway, de 39 anos, que era da Federação de Mato Grosso e agora é da Federação Paraibana, aplicou cinco cartões amarelos, em Damian Musto, Jussa e Marcelo Lomba, do Internacional, e Eder e Everton Felipe. Consultando o VAR, o árbitro anulou, por impedimento, gol de Mateuzinho, do Atlético Goianiense, que faz o clássico com o Goiás, sábado (22), no estádio da Serrinha. 

Foto: SuperEsportes