Escolha uma Página

Foto: Dudu comemora primeiro gol do Palmeiras sobre o Santos, no Allianz Parque / site veja.abril.com.br

Com os 3 x 2 sobre o Santos, na tarde deste primeiro sábado (3) de novembro, no Allianz Parque, o Palmeiras chegou aos 66 pontos e aumentou a pressão sobre o Flamengo (59), que precisa ganhar do São Paulo, neste domingo (4), no Morumbi, para não ficar sete pontos atrás do líder, faltando seis rodadas (18 pontos) para terminar o Brasileirão 2018. O Palmeiras chegou a 19 vitórias, duas a mais que o Flamengo, que precisa vencer para voltar a equilibrar a disputa pelo título.R$2.723.126,86. 38.938 pagantes.

VANTAGEM – Os 2 x 0 do primeiro tempo refletiram a superioridade do Palmeiras diante de um Santos nada criativo e se deixando dominar na maior parte das ações. Dudu marcou o primeiro gol aos 15, depois que o goleiro Vanderlei rebateu o chute forte do colombiano Borja. O zagueiro Edu Dracena fez 2 x 0 aos 39, completando de cabeça o escanteio batido pelo lateral Victor Luis, que cumpriu uma de suas melhores atuações.

RELAXOU – O Palmeiras foi castigado pelo relaxamento que mostrou na volta do intervalo e sofreu dois gols em 10 minutos, ambos em desatenção de Edu Dracena, que falhou. Ao substituir Rodrygo, apagado no primeiro tempo, Copete fez o primeiro gol do Santos aos 9, e o lateral Dodô, finalmente, após 48 jogos, marcou o primeiro com a camisa do Santos, empatando aos 19. O Santos parou no empate, sem mostrar força para virar o jogo.

SEM FALHA – Uma visão justa do lance não pode atribuir culpa ao goleiro do Santos pelo gol da vitória do Palmeiras. Depois que o lateral Victor Luis bateu a falta, aos 25 minutos, a bola desviou nas costas de Derlís Gonzalez e tirou todas as chances de defesa de Vanderlei. O Palmeiras ganhou com méritos, mas o goleiro do Santos não teve culpa no lance que marcou a décima derrota do time.

Foto: site UOL Esporte

13 EM 16 – Foi a décima terceira vitória do Palmeiras em 16 jogos no Allianz Parque, onde o time ainda terá mais três jogos: Fluminense, América Mineiro e Vitória (última rodada, 2 de dezembro). Os outros três jogos do Palmeiras serão como visitante: domingo (11) com o Atlético Mineiro, e depois com Paraná e Vasco. Desde que assumiu, o técnico Luis Felipe Scolari ganhou 13 e empatou 4 jogos no Brasileirão 2018.

GOLEADOR – Com o gol que marcou neste sábado (3), o atacante Dudu tornou-se o principal artilheiro do novo estádio do Palmeiras, com 23 gols. Ele também se igualou a Vagner Love como um dos principais artilheiros da história do clube com 54 gols em 223 jogos com a camisa alviverde, que defende desde 2015.

EXPULSÃO – O árbitro Braulio Machado, da Federação Catarinense, teve atuação segura. Mostrou oito cartões amarelos: Lucas Lima, Edu Dracena e Dudu – fora do próximo jogo com o Atlético Mineiro – e para os santistas Luis Felipe, Gabriel, Derlís Gonzalez, Victor Ferraz – fora do próximo jogo com a Chapecoense – e Diego Pituca, expulso após o segundo amarelo, aos 33 do segundo tempo, ao acertar uma cotovelada em Scarpa.

PODE CAIR – O Santos (46 pontos) pode cair uma posição e terminar a rodada em oitavo lugar, se o Atlético Paranaense  (43) vencer o Internacional no último jogo deste domingo (4), na Arena Beira Rio, em Porto Alegre. O Atlético ficaria com mais uma vitória (13 a 12), primeiro ítem de desempate. O Santos terá mais três jogos como visitante: Flamengo, América Mineiro e Sport (última rodada). Como mandante, com Chapecoense, Botafogo e Atlético Mineiro.