Escolha uma Página

Depois de 2 x 2 com Sport e 1 x 1 com Grêmio e Flamengo, o Palmeiras voltou a vencer, e com 2 x 1 sobre o Ceará, na noite deste primeiro sábado (3) de outubro, no Allianz Parque, ficou igual em pontos (22) ao vice-líder Internacional, mas com menos uma vitória (5 a 6), e pode perder o terceiro lugar, se o visitante São Paulo, com 19 pontos, ganhar do Coritiba. O líder Atlético, com 24 pontos, invicto no Mineirão, pode aumentar a vantagem para cinco pontos sobre o vice-líder, se vencer o Vasco.

INVICTO – O Palmeiras iniciou melhor e fez 1 x 0 aos 10 minutos, com o meia Raphael Veiga aproveitando a rebatida do goleiro, após chute forte de Wesley. O Ceará conseguiu equilibrar e empatar aos 17, com a boa impulsão do zagueiro Eduardo Brock, em cabeçada certeira, depois do escanteio de Charles. O Palmeiras manteve-se como único invicto do Brasileiro 2020, com 5 vitórias e 7 empates e com seis gols de saldo (17 a 11). Willian fez o gol da vitória aos 37, após duas rebatidas da defesa do Ceará.

PALMEIRAS – Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gomez e Matias Viña; Patrick de Paula (Danilo), Bruno Henrique (Ramires) e Raphael Veiga; Rony (Scarpa), Willian (Gabriel Silva) e Wesley. Técnico – Vanderlei Luxemburgo. O Palmeiras será visitante no próximo jogo, quarta (7), com o Botafogo, no estádio Nilton Santos, e sábado (10) fará o clássico com o São Paulo, em seu belo Allianz Parque. Foi o jogo 28, com 16 vitórias do Palmeiras, só 3 vitórias do Ceará, e 9 empates.

CEARÁ – Fernando Prass, Eduardo, Tiago, Eduardo Brock e Alyson (Kelvyn); Fabinho, Charles, Wescley (Lima) e Felipe Baxola (Ricardinho); Leandro Carvalho (Victor) e Cleber (Rafael Sobis). Técnico – Guto Ferreira. Ainda sem vencer como visitante no Brasileiro 2020 – 1 empate, 5 derrotas -, o Ceará tem 14 pontos em 13 jogos – 4 vitórias, 2 empates, 7 derrotas, saldo negativo de cinco gols (15 a 20) – e o próximo jogo será quinta (8), em Curitiba, com o Athletico Paranaense.

HOMENAGEM – Em seu jogo 37 pelo Ceará, o goleiro Fernando Prass foi homenageado no placar e no serviço de som do Allianz Parque, citado como exemplo de profissional correto e dedicado no Palmeiras, que defendeu em 274 jogos, entre 2013 e 2019. Prass foi campeão brasileiro da Série B em 2013, campeão da Copa do Brasil 2015 e campeão brasileiro da Série A em 2016 e 2018. Antes de iniciar o aquecimento, o goleiro cumprimentou, um por um, todos os antigos companheiros de clube.

CINCO CARTÕES – Palmeiras 2 x 1 Ceará transcorreu em nível disciplinar elevado, ajudando muito em mais uma boa atuação de Bruno Arleu Araújo, de 37 anos, da Federação do Rio de Janeiro, em seu primeiro Campeonato Brasileiro como árbitro da FIFA. Ele fez cinco advertências com cartão amarelo, a única do Palmeiras ao meia Danilo. Os do Ceará foram Alyson, Charles, Victor e o goleiro Fernando Prass, no único cartão por reclamação.

Foto: Marcos Ribolli