Escolha uma Página
Foto: ALBERT RAMÍREZ
 

O Manchester City, do técnico espanhol Pep Guardiola, manteve a liderança da Premier League com 3 x 1 sobre o Bournemouth, oitavo colocado, no jogo que abriu na tarde deste primeiro sábado (1) de dezembro, a décima quarta rodada, no Etihad Stadium. Guardiola utilizou quatro brasileiros – Ederson, Danilo, Fernandinho e Gabriel Jesus, único substituído -, mas os gols foram do português Bernardo, do inglês Sterling e do alemão Gundogan. 

 

1 x 1 – O City abriu o placar aos 15 minutos com o gol do meia português Bernardo, após lançamento sob medida do jovem lateral-esquerdo Zinchenko, 19 anos, nascido na Ucrânia. O jogo estava sob controle do lider invicto, mas sem desistência do Bournemouth, que no minuto final chegou ao empate com a cabeçada do atacante inglês Callum Wilson, 26 anos, após cruzamento do meia Francis. O goleiro Ederson, da seleção brasileira, ainda chegou a tocar na bola.

 

ARTILHEIRO – Na volta do intervalo, o City fez 2 x 1 aos 12 minutos, com o gol do inglês Sterling, aproveitando o rebote do goleiro bósnio Asmir Begovic, 31 anos, 1,98m, que não conseguiu segurar a bomba do lateral-direito Danilo. Sterling passou a dividir com o argentino Sergio Aguero (City) e o francês Pierre Aubameyang (Arsenal) artilharia do campeonato com oito gols. O terceiro gol do City foi do alemão Gundogan, aos 35, após cruzamento do espanhol David Silva.

 

BOM DIZER – Pierre Aubameyang, 29 anos, foi comprado pelo Arsenal de Londres, em 2017, depois de se tornar o primeiro a fazer gol nas oito rodadas iniciais do Campeonato Alemão, em 2015-16, pelo Borussia Dortmund. Ele foi destaque do time alemão de 2013 a 2016, com 141 gols em 213 jogos.

 

OS LÍDERES – Ederson, Danilo, Otamendi (cap), Laporte e Zinchenko (Delph, 23 do segundo tempo); Gundogan, Fernandinho e Bernardo (Mahrez, 40 do segundo tempo); Sterling, Gabriel Jesus (David Silva, 30 do segundo tempo) e Sané, que se tornou hoje (1) o jogador com mais assistências (20) no campeonato. O City lidera com 38 pontos em 14 rodadas – 12 vitórias, 2 empates – e pode ampliar a vantagem, se o vice-lider Liverpool (33) – 10 vitórias, 3 empates – não vencer o Everton, sexto com 22 pontos, amanhã (domingo, 2), no estádio Anfield Road, em Liverpool.