Com atuação espetacular do egípcio Mohamed Salah, de 28 anos, que fez três gols, o Liverpool abriu a temporada 2020-2021 da Premier League, ganhando (4 x 3) do Leeds United, que voltou à primeira divisão, depois de 16 anos, após contratar o argentino Marcelo Bielsa, de 65 anos, único técnico sul-americano do campeonato mais assistido do mundo. O Liverpool entrou arrasando para repetir 2019-2020, em que ganhou tudo: Premier League, Liga dos Campeões e Mundial de clubes.

OS NÚMEROS impressionantes da temporada anterior – 99 pontos em 38 jogos, 32 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, saldo de 52 gols, com 85 marcados e 33 sofridos – ainda são comentados, mas Jurgen Klopp disse que fazem parte do passado: “O Liverpool quer sempre se superar e conseguir o que muitos pensam ser impossível” – resumiu o técnico alemão de 53 anos, já projetando o próximo grande jogo, domingo (20), em Londres, com o Chelsea, que estreia amanhã (14) como visitante com o Brighton

60 SEM PERDER – O Liverpool chegou à marca invejável de 60 jogos sem perder em seu estádio Anfield Road, onde a última derrota foi em 23 de abril de 2017, quando levou a virada (2 x 1) do londrino Crystal Palace, após Phillippe Coutinho fazer 1 x 0. Comprado da Roma por 40 milhões de euros, jogador africano mais caro da época (2017), Salah, completou 50 gols nos jogos em casa, superando os 38, que o argentino Aguero, hoje no Manchester City, havia marcado no ano em que foi comprado. Em 154 jogos pelo Liverpool, Salah fez 97 gols, média de 1.58 por jogo, com os três de ontem (12) nos 4 x 3 no Leeds United.

OUTRA MARCA – Salah abriu e fechou a grande exibição em que fez três gols, repetindo outra marca: nos quatro últimos campeonatos, ele fez pelo menos um gol na estreia. O goleiro gaúcho Alisson se disse muito feliz com a deferência do árbitro Michael Oliver, que lhe permitiu entregar a Salah a bola do jogo, sempre oferecida ao autor de três gols. Alisson disse só ter ficado triste porque o pênalti do último gol de Salah, o da vitória do Liverpool, foi cometido por um brasileiro que estreava na Premier League.

RODRIGO MORENO, carioca de 29 anos, já naturalizado espanhol, só entrou aos 17 do segundo tempo e cometeu aos 43, no volante Fabinho, que só entrou após o intervalo, o segundo pênalti, que Salah converteu na vitória do Liverpool. Jogador mais caro da temporada 2020-2021 do Leeds United, que pagou 30 milhões de euros ao Valencia, em torno de 200 milhões de reais, Rodrigo não terá boa lembrança da estreia na Premier League: não fez gol e fez o pênalti da derrota do seu time.

Foto: CaughtOffside