Escolha uma Página

Foto: Ricardo Duarte

O Internacional assumiu a vice-liderança do Brasileirão 2018 com a quarta vitória de virada – terceira jogando em casa -, ao derrotar (2 x 1) o Atlético Paranaense, na noite deste domingo (4), na Arena Beira Rio, em Porto Alegre. O Vitória foi o único a levar virada do Inter no turno (3 x 2, em Salvador) e no returno (2 x 1), e a outra virada em casa foi sobre o São Paulo (3 x 1). O Inter também perdeu dois jogos de virada, ambos fora e por 2 x 1, para Sport e Chapecoense. 

Bom lembrar: a virada do Internacional sobre o Atlético Paranaense foi a vigésima sétima em 319 jogos do Brasileirão 2018. A décima quarta por 2 x 1.

NOS ACRÉSCIMOS – Camacho fez o gol do Atlético Paranaense aos 18, com a bola desviando no zagueiro Rodrigo Moledo, que empatou para o Internacional aos 36. O gol da virada foi aos 48 do segundo tempo – pênalti do lateral Marcio Azevedo no atacante Rossi, entrou no lugar do volante Gabriel Dias, aos 35 -, com a cobrança do meia-atacante argentino D’Alessandro, capitão do time. O árbitro Rodrigo Ferreira, da Federação Catarinense, acertou na marcação, apesar das reclamações.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional / Divulgação

VAIADO – O técnico Odair Helmmann foi vaiado por boa parte dos torcedores do Internacional, ao substituir o atacante Leandro Damião por Wellington Silva, aos 15 do segundo tempo. Wellington Silva nada acrescentou na produção ofensiva do time. Um minuto antes de sair, Leandro Damião havia obrigado o goleiro Felipe Alves a evitar o segundo gol com uma grande defesa. 

17 VITÓRIAS – Além de tirar o Flamengo da vice-liderança, o Internacional também se igualou em vitórias (17) ao rubro-negro, valendo lembrar que vitória é o primeiro ítem do quesito desempate. Em 16 jogos na Arena Beira Rio, foi a décima segunda vitória do Internacional, a quarta por 2 x 1. Após o jogo do próximo domingo (11) com o Ceará, em Fortaleza, o Internacional jogará fora com Botafogo e Paraná, na última rodada. Em casa, com os mineiros América e Atlético, e o Fluminense.

Registro de Tiago Nunes orientando o time atleticano na primeira etapa, em Porto Alegre. Bruno Baggio/Site Oficial Atlético Paranaense

MAU VISITANTE – A exemplo do Vasco, o Atlético Paranaense também ainda não conseguiu vencer como visitante. Em 15 jogos fora de Curitiba, sofreu a décima derrota e empatou cinco (todos 0 x 0). Nono com 43 pontos, o rubro-negro do Paraná fará mais três jogos fora, com Vasco, Vitória e Flamengo, na última rodada. Os jogos restantes na Arena da Baixada, em Curitiba, serão com Cruzeiro, no próximo sábado (10), Corinthians e Ceará.