Escolha uma Página

Um dia depois da final da Champions League, o zagueiro carioca Thiago Silva, de 35 anos, trocou ontem (24) a braçadeira de capitão do PSG pelo Chelsea, que defenderá nas duas próximas temporadas, em sua terceira escala em um grande clube da Europa. Campeão italiano em 2010-11 no Milan – 119 jogos e 6 gols -, entre 2009 e 2012; sete anos consecutivos campeão francês pelo PSG – 315 jogos, 17 gols – de 2012 a 2020 -, Thiago Silva acertou contrato com o Chelsea, de 2020-21 a 2022-23.

SÉTIMO – Todos os clubes europeus têm sua lista de jogadores e técnicos notáveis. Thiago Silva é o sétimo dos 115 anos da história do Chelsea FC, fundado em 10 de março de 1905, no Norte de Londres, onde desde então tem seu Stamford Bridge, estádio com 41.837 lugares. Os seis anteriores, são o também zagueiro David Luiz, o meia Willian, ambos agora no arquirrival Arsenal; o meia Oscar, agora no chinês Shanghai SIPG; o ex-lateral Belletti, o ex-meia Alex, e o meia Ramires, hoje no Palmeiras.

MAIS DE 100 – Com mais de 600 jogos na carreira, Thiago Silva fez mais de 100 jogos em cada um dos três grandes que defendeu: Fluminense – 146 jogos e 14 gols, entre 2006 e 2008; Milan – 119 jogos e 6 gols, entre 2009 e 2012, e PSG – 315 jogos e 17 gols, entre 2012 e 2020. Sua única fase ruim foi em janeiro de 2005, quando emprestado pelo Porto ao Dínamo de Moscou, contraiu tuberculose, devido ao frio abaixo de zero, e ficou seis meses internado. Ao se recuperar, foi para o Fluminense.

36 ANOS – Thiago Silva completará 36 anos dia 22 de setembro e vai encerrar a carreira, conforme sua própria previsão, pouco antes dos 40. Nos próximos dias ele terá o primeiro contato com o técnico Frank Lampard, melhor jogador da história do Chelsea – 211 gols em 648 jogos, entre 2001 e 2014 -, hoje aos 42 anos, e com magnata russo Roman Abramovic, de 53 anos, que comprou o clube, e tem fortuna pessoal avaliada em 15 bilhões de dólares.

Foto: Sportbuzz