O FLAMENGO SAIU DO MARACANÃ VAIADO por mais de 60 mil torcedores, ao perder neste domingo (5) por 2 x 1 para o lanterna Fortaleza, que venceu pela primeira vez na Série A de 2022, depois de seis derrotas e dois empates. Além de vaias e ofensas ao presidente, ao técnico e a alguns jogadores, os torcedores do Flamengo brigaram entre si no intervalo, abrindo um clarão na parte superior do estádio.

O FLAMENGO ERROU MUITO e sofreu o primeiro gol aos 28 minutos, com o atacante Robson encobrindo o goleiro Hugo, depois da bola mal atrasada no grande círculo pelo volante Arão. Ainda assim, o empate foi conseguido aos 45, completando no canto esquerdo a bola atrasada da linha de fundo pelo lateral Ayrton Lucas, o que não livrou o time de novas vaias e de ser chamado de sem vergonha.

COM A BOA MÉDIA DE 21 gols em 25 jogos na temporada, e com 5 gols nos últimos 7 jogos, o atacante Pedro perdeu a chance da virada no início do 2º tempo. Ele mandou na trave o pênalti que sofreu do zagueiro Marcelo Benevenuto, ex-Botafogo. O Fortaleza cresceu, passou ao domínio e decidiu o jogo aos 47. Filipe Luis errou no passe, Romero driblou Mateuzinho e chutou forte. No rebote de Hugo, Hércules fez o gol da primeira vitória do Fortaleza, ainda insuficiente para tirá-lo do último lugar.

O FLAMENGO PODERIA TER CHEGADO AO G4, mas a terceira derrota, segunda como mandante, fez com que perdesse uma posição: 11º com 12 pontos, 3 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, saldo de 1 gol (10 a 9), a 6 pontos do líder Corinthians. Visitante no jogo de 4ª (8), em Bragança Paulista, o Flamengo terá a volta de Gabriel, que cumpriu suspensão, mas não contará com Bruno Henrique, David Luiz e Pablo, pelo 3º cartão.

A SOPA NO MEL DO CORINTHIANS

PALMEIRAS 0 x 0 ATLÉTICO MINEIRO, foi o que o Corinthians sonhou, após a vitória da noite de sábado (4), sobre o Atlético Goianiense por 1 x 0. Palmeiras e Atlético não empolgaram os pouco mais de 40 mil torcedores no Allianz Parque, em jogo de raras chances claras de gol, no 2º empate do Palmeiras em casa, e no 3º do visitante Atlético, que não encontrou saída para a marcação bem feita no artilheiro Hulk.

A DOIS PONTOS DO LÍDER CORINTHIANS, com 18, que tem 5 vitórias, Palmeiras e Atlético Mineiro estão iguais em vitórias (4), empates (4), derrota (1) e gols marcados (13), mas o Palmeiras é vice-líder pelo saldo de 8 gols porque sofreu 5, e o Corinthians, 3º, 8. O Coritiba se manteve em 4º, mas o América Mineiro, São Paulo e Internacional, que ganhou do Bragantino por 2 x 0, no último jogo da noite, também têm 14 pontos.

MAL COLOCADA A RECLAMAÇÃO de Abel Ferreira de que é perseguido pelos árbitros, ao voltar a receber cartão amarelo bem aplicado pelo goiano Wilton Sampaio. É inaceitável que um profissional bem preparado do nível dele não tenha compostura e controle para evitar advertências. 

A CHANCE DE OURO DO BOTAFOGO

MAIS DO QUE SER O ÚNICO DO RIO COM VITÓRIA, o Botafogo tem a chance de ouro de terminar a 10ª rodada em 4º lugar, só a 3 pontos do líder, se vencer o Goiás, 17º com 9 pontos, na noite de hoje (6), no estádio que tem o nome do bicampeão mundial, titular em todos os jogos, e maior lateral-esquerdo de sempre: Nilton Santos. Mais de 25 mil ingressos já foram vendidos.

O BOTAFOGO, 10º com 12 pontos, 3 vitórias, 3 empates, 2 derrotas, saldo de 1 gol (11 a 9), pode subir seis posições, ultrapassando Santos (12 pontos), Athletico Paranaense (13), Internacional (14), São Paulo (14), América Mineiro (14), Coritiba (14) e fechar a rodada em 4º, com 15 pontos.  4ª feira (8), no confronto direto de técnicos portugueses, com o Palmeiras, o Botafogo pode sair vice-líder do Allianz Parque.

Fotos: UOL Diário do Nordeste / O POVO