LEÔNIDAS DA SILVA, o Diamante Negro, foi o primeiro dos três brasileiros que marcaram três gols em um jogo de Copa do Mundo. Na vitória sobre a Polônia por 6 x 5, ele fez um gol nos 90 minutos e dois gols na prorrogação, em 5 de junho de 1938. Leônidas foi também o primeiro brasileiro artilheiro da Copa com 8 gols.

PELÉ FOI O MAIS NOVO da história das Copas a marcar três gols, aos 17 anos, 8 meses e 1 dia, nos 5 x 2 das semifinais com a França, em 24 de junho de 1958. Foi o único jogo em que fez três gols em Copa, embora recordista com três gols pela seleção em sete jogos, entre 1958 e 1965.

ADEMIR MENEZES marcou 9 gols em seis jogos na Copa do Mundo de 1950, o que desde então nenhum outro brasileiro conseguiu em uma única edição. Ademir foi o segundo brasileiro artilheiro da Copa, no ano em que se tornou primeiro artilheiro e campeão carioca no Maracanã pelo Vasco.

ADEMIR MENEZES é também o único brasileiro, entre os sete, com quatro gols em um jogo, na história das Copas. Ele marcou 4 dos 7 x 1 na Suécia, diante de 138.886 pagantes no Maracanã, no domingo, 24 de junho de 1950. O primeiro a fazer 4 gols em um jogo de Copa foi o polonês Wilimowski, na derrota (6 x 5) para o Brasil em 1938.

Eusébio

O RECORDISTA de gols em um jogo de Copa do Mundo da seleção de Portugal é Eusébio, que marcou quatro na virada sobre a Coreia do Norte por 5 x 3, em 1966, na Inglaterra. Eusébio foi o artilheiro da Copa com 9 gols e Portugal terminou em sua melhor colocação, em 3º lugar.

OLEG SALENKO, da Rússia, bateu o recorde de cinco gols em um jogo de Copa do Mundo, na vitória por 6 x 1 sobre a seleção de Camarões, em 1994. 

JUST FONTAINE continua como maior artilheiro das Copas, com os 13 gols que marcou em 1954, na Copa com mais gols da história: 140 em 26 jogos, média de 5.38 gols por jogo. Dos 13 gols, Just Fontaine marcou 4, nos 6 x 3 na Alemanha, na decisão do terceiro lugar.

Foto: Montagem / Reprodução