MESMO COM TRÊS VITÓRIAS CONSECUTIVAS, o Flamengo terminou o 1º turno do Campeonato Brasileiro de 2022 com a pontuação mais baixa dos últimos cinco anos, só conseguindo 30 dos 57 pontos disputados. A pior pontuação foi resultado dos 10 primeiros jogos, com o time dirigido pelo técnico português Paulo Sousa.

COM A CHEGADA DE DORIVAL JUNIOR, mesmo perdendo os dois primeiros jogos como visitante – 3 x 1 para o Internacional e 2 x 0 para o Atlético Mineiro -, o Flamengo ganhou 18 dos 27 pontos. Em nove jogos no Brasileiro com Dorival, seis vitórias e três derrotas, a terceira para o Corinthians por 1 x 0, gol contra de Rodinei.

DESDE 2006, QUANDO O CAMPEONATO passou a ser disputado por 20 equipes, o vencedor do 1º turno foi campeão 11 vezes. O Corinthians realizou o melhor 1º turno de 2017, com 47 pontos, mais oito que o Grêmio, 2º colocado com 39. Agora em 2022, a vantagem do Palmeiras sobre o Corinthians é só de 4 pontos (39 a 35).

O 1º TURNO TERMINOU na noite de ontem (25), com a vitória do Coritiba sobre o Cuiabá por 1 x 0, gol do atacante Alef Manga aos 40 do 1º tempo, no estádio Couto Pereira. Com a 6ª vitória em 10 jogos em casa, o Coritiba subiu quatro posições e terminou o turno em 13º com 22 pontos. Com a 7ª derrota como visitante, o Cuiabá é o 17º com 20 pontos.

190 JOGOS, 446 GOLS

O PALMEIRAS GANHOU O TURNO com 39 pontos, com mais vitórias (11), menos derrotas (2), ataque mais positivo (31), defesa menos vazada (13), e foi o que ficou mais jogos sem perder (13). Só não teve o artilheiro, German Cano, que marcou 12 dos 29 gols do Fluminense, segundo ataque mais positivo.

ROGER GUEDES foi o único a marcar três gols em um jogo. O líder em assistências foi Arrascaeta, com 7. O América Mineiro foi o que mais perdeu (10); o São Paulo, o que mais empatou (11), e o Botafogo, o que menos empatou (3). 83 vitórias dos times com o mando de campo; 49 dos visitantes e 58 empates em 190 jogos.

OS CINCO PRIMEIROS na média de público: Flamengo, 53.440; Corinthians, 38.120; Palmeiras, 34.541; Atlético Mineiro, 34.417; São Paulo, 31.416. Em seus nove jogos com mando de campo – seis no Rio, três em Brasilia -, os 53.440 do Flamengo só foram superados pelos 59.285 do Campeonato Brasileiro de 2019.

SÉRIE B: GRÊMIO PODE BATER RECORDE

NA ABERTURA DA 21ª RODADA DA SÉRIE B, o Grêmio pode bater o recorde de 15 jogos sem perder, ao visitar a Chapecoense na Arena Condá, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, na noite de hoje (26). O Grêmio igualou as 8 vitórias do Náutico em 2021 e do Vasco em 2022. 

SE VENCER A CHAPECOENSE, o vice-líder Grêmio, com 36 pontos e 9 vitórias, abrirá 4 pontos de vantagem sobre o Vasco, 3º com 35 pontos e 9 vitórias, que receberá o CRB, 7º com 28 pontos, 5ª feira (28), em São Januário. Na noite seguinte, o Bahia, 4º com 34 pontos e 10 vitórias, jogará em Salvador com o Náutico, 19º com 18 pontos.

NO ENCERRAMENTO DA 20ª RODADA, na noite de ontem (25), o Criciúma subiu ao 9º com 27 pontos, ao vencer em casa por 2 x 1 o CSA, 17º com 20, e no único 0 x 0 da rodada, em Ponta Grossa, o Operário ficou em 16º com 21 pontos, e o Tombense saiu do 8º para o 6º com 29 pontos.

Foto: Divulgação