Horas depois de anunciar que o Flamengo sofreria sanção por ter voltado aos treinos, descumprindo seu decreto, o prefeito vai  autorizar o reinício do futebol. Curvou-se à pressão do presidente, que o chamou a Brasília. O próprio presidente já havia sido pressionado por Flamengo e Vasco, que estão desprezando a saúde dos que vivem no Rio.

SEM SURPRESA – A autorização que o prefeito vai assinar, pelo retorno do futebol, é mais uma falta de respeito, mas que não pode ser recebida com surpresa. Faz tempo o menosprezo dele pela população. Ele não cuida da cidade, abandonada, sem segurança, sem saúde. É preciso ter muita falta de vergonha na cara para votar nele de novo

NINHO DO URUBU – Só os sem memória não se lembram. Em fevereiro de 2019, após a tragédia que matou 10 jovens no incêndio, a prefeitura interditou o Ninho do Urubu por falta de alvará. Segunda (18), o Flamengo voltou a treinar no Ninho do Urubu, ignorando, desrespeitando e descumprindo outro decreto assinado pelo prefeito.

ACIMA DE TODOS – A ordem hierárquica deixou de ser respeitada, como seria normal. O país tem presidente; o estado, governador; a cidade, prefeito, mas todos se curvam diante da vontade de clubes, que desprezam a saúde de seus próprios torcedores. O que Flamengo e Vasco querem mesmo, é mostrar que estão muito acima. De tudo e de todos. 

Foto: Jornal do Radialista