Com o gol de cabeça do meia Tiago Neves, após cruzamento de Marquinhos Gabriel aos 13 do segundo tempo, o Cruzeiro voltou a vencer depois de oito jogos – seis derrotas e dois empates -, mas o 1 x 0 sobre o São Paulo, que perdeu a primeira com o técnico Fernando Diniz, ainda não tirou o campeão mineiro da zona de rebaixamento.

UM ALÍVIO – Apesar da má fase do time, que havia ganho pela última vez na rodada 17 – 1 x 0 no Vasco, dia 1 de setembro -, a torcida marcou presença na noite de ontem (16) no Mineirão, incentivando até o fim, quando o São Paulo ainda pressionava pelo empate. R$350.646,00. 26.313 pagantes. O Cruzeiro segue em décimo oitavo com 25 pontos.

CRUZEIRO – Fabio, Edilson, Dedé, Fabrício e Egídio; Henrique, Ederson (Jadson, 29 do segundo tempo), Robinho (Marquinhos Gabriel, intervalo) e Tiago Neves; David (Ariel Cabral, 31 do segundo tempo) e Fred. Técnico – Abel Braga. Foi apenas a quinta vitória em 26 rodadas – 10 empates, 11 derrotas e saldo negativo de 13 gols (20 a 33). O próximo jogo é com o Corinthians, sábado (19), na Arena Corinthians.

SÃO PAULO – Tiago Volpi, Juanfran (Vitor Bueno, intervalo), Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan (Liziero, 32 do segundo tempo), Tchê Tchê, Hernanes (Igor Gomes, 19 do segundo tempo) e Daniel Alves; Antony e Pato. Técnico – Fernando Diniz. O São Paulo manteve o quinto lugar com 43 pontos – 11 vitórias, 11 empates, 5 derrotas, 26 gols pró e 17 contra – e faz o próximo jogo com o Avaí, domingo (20), no Morumbi.

QUATRO CARTÕES – Arbitragem segura de Wilton Pereira Sampaio, da Federação Goiana e da FIFA. Ele advertiu com cartão amarelo os cruzeirenses David e Fred, e Reinaldo e Daniel Alves.

Foto: Vinnicius Silva