A Federação Paulista de Futebol decidiu manter a punição ao Flamengo por ter desistido de participar da Copa São Paulo, depois de confirmar a presença e de querer trocar os sub-20 inscritos pelos sub-17, alegando que os utilizará nos primeiros jogos do Campeonato Carioca, devido às férias dos principais jogadores após o Mundial do Catar.

SEM JOGAR – Além do Vitória da Conquista, da Bahia, os outros dois adversários do Flamengo no Grupo 25 – Trem, do Amapá, e Água Santa, de São Paulo -, também somarão os pontos do time carioca, na chamada vitória por w.o, abreviatura da expressão inglesa walkover, traduzida no futebol como vitória fácil porque o adversário não compareceu.

ARGUMENTO – Os organizadores da Copa São Paulo, disputada desde 1969, lamentaram ter que punir o Flamengo, dizendo que o clube já participou várias vezes e conhece todos os itens do regulamento do torneio, que conquistou quatro vezes, sendo o único a vencer todas as decisões em que esteve presente.

SEM EXCEÇÃO – O Flamengo deixará de ser convidado nas próximas cinco edições e só voltará, se tiver interesse, em 2025. Além dos cinco anos de ausência, o Flamengo terá que pagar a multa de R$20 mil. “Não pode haver exceção. A credibilidade da competição tem que ser mantida” – resumiu um dirigente da Federação Paulista, que pediu o anonimato.

O FLAMENGO ainda não se pronunciou sobre a decisão, e com sua desistênciao Fluminense – carioca que mais ganhou a Copinha, com cinco títulos – é o primeiro a estrear, amanhã (2), com o Socorro, de Sergipe, e depois jogará com Ituano e Vilhense, de Rondônia, em Itu, pelo Grupo 15.

O BOTAFOGO – único grande do Rio que ainda não ganhou a Copinha – estreará sexta (3) com o Noroeste, e fará os outros dois jogos do Grupo 4, em Bauru, com Novorizontino e Visão Celeste, do Rio Grande do Norte. O Vasco, campeão em 92 e vice em 2019, estreará sábado (4) com o Carajás, do Pará, e depois jogará com Itapirense e Jacuipense, no Grupo 19, na cidade de Itapira.