Depois dos 2 x 0 da noite de ontem (4), na volta ao Maracanã, e de completar 17 jogos sem perder do Vasco – 8 vitórias, 9 empates -, o Flamengo pode assumir a liderança e iniciar a arrancada para o segundo título consecutivo de campeão brasileiro, que não ganha desde 82-83, se vencer o Bragantino, na noite do próximo domingo (7), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, a 88 km da capital. O jogo será de desempate porque em 12 disputados até hoje cada time venceu quatro.

CURIOSIDADE – Nos 12 jogos entre Flamengo e Bragantino, todos pelo Campeonato Brasileiro, uma curiosidade: cada time venceu mais como visitante. Em oito jogos no Rio, o Bragantino ganhou três e o Flamengo venceu dois, e houve três empates, o último, na noite da quinta-feira, 15 de outubro de 2020, pela rodada 16, no Maracanã. Claudinho, artilheiro do campeonato com 17, fez o gol do Bragantino, no último lance do primeiro tempo, e Lincoln empatou aos 25 minutos.

MELHOR VISITANTE – Nos quatro jogos em Bragança Paulista, a situação é invertida e mostra o Flamengo melhor como visitante, com duas vitórias, enquanto o Bragantino só conseguiu uma, e um empate. No próximo domingo (7), às 20h30min, o Flamengo entra em campo como vice-líder: 64 pontos – 19 vitórias, 8 derrotas, 7 empates, saldo de 19 gols (62 a 43) -, ataque mais positivo (62), e o Bragantino, nono, 47 pontos – 12 vitórias, 11 derrotas, 11 empates, saldo de 9 gols (48 a 39).

JULGAMENTO – O Flamengo receia ficar sem Gabriel, em julgamento nesta sexta (5), no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, pela expulsão, por ofensa ao árbitro Flavio Rodrigues de Sousa, da Federação Paulista e da FIFA, logo no início dos 4 x 3 no Bahia, no Maracanã. Os outros dois em julgamento serão Bruno Henrique, pela fratura que provocou no nariz do zagueiro Breno, do Goiás, e o zagueiro Gustavo Henrique, expulso no jogo com o Botafogo, de todos, o caso menos grave.

BEM SUPERIOR – O Flamengo venceu o Vasco por 2 x 0, com desempenho bem superior, ainda que só tenha marcado o primeiro gol aos 47, quando o lateral Leo Matos derrubou Bruno Henrique na área e o árbitro marcou o pênalti, após a revisão no VAR. Ao converter no canto esquerdo, deslocando o goleiro, Gabriel chegou aos 24 gols em 39 jogos na temporada 2020, seu décimo primeiro gol no Campeonato Brasileiro, aproveitando todos os cinco pênaltis.

BRUNO HENRIQUE – É incorreta a informação de que o segundo gol que marcou nos 2 x 0 no Vasco, aos 32 do segundo tempo, completando de cabeça o escanteio de Everton Ribeiro, tenha sido o gol 100 da carreira de Bruno Henrique: foi o gol 103 em 312 jogos, e o gol 55 em 111 jogos pelo Flamengo. Entre outros, Bruno Henrique fez 12 gols pelo Goiás, 20 pelo Santos, e poucos se lembram que o único time em que não fez gol foi o alemão Wolfsburg, em 17 jogos, nas temporadas 2015-16 e 2016-17.

AMPLA VANTAGEM – Além de completar 17 jogos – 8 vitórias, 9 empates – sem perder do Vasco, o Flamengo manteve a ampla vantagem na estatistica, com a vitória 125 em 327 jogos, enquanto o Vasco venceu 102 e houve 100 empates. Flamengo 2 x 0 Vasco, da noite de ontem (4), no Maracanã, foi o jogo 60 entre os dois pelo Campeonato Brasileiro, com 21 vitórias do Flamengo, 17 vitórias do Vasco e 22 empates. A última vitória do Vasco (2 x 0, gols de Andrezinho e Riascos) foi em 24 de abril de 2016, pelo Campeonato Carioca, na Arena da Amazônia, em Manaus, capital onde nasci.

SUSPENSOS – O árbitro Raphael Claus, da Federação Paulista e da FIFA, aplicou três cartões amarelos, dois no primeiro tempo: o meia Diego, do Flamengo, está fora do jogo com o Bragantino, por atingir o meia argentino Martin Benitez, aos 24. Oito minutos depois, o lateral Leo Matos, do Vasco, também foi punido por falta em Bruno Henrique, e não disputará o jogo com o Fortaleza. O zagueiro Marcelo Alves não estava pendurado, mas Leandro Castan cumpriu suspensão e vai reaparecer na Arena Castelão.

VASCO PODE CAIR – Com 37 pontos e 9 vitórias, o Vasco pode cair uma posição e terminar a rodada em décimo sexto, só um ponto acima do Bahia (36), que voltaria a ser o primeiro do rebaixamento, se o Sport (35) vencer o Botafogo, último com 24, na noite de hoje (5), no estádio Nilton Santos. A décima oitava derrota do Botafogo, que só ganhou 4 dos 33 jogos, com saldo negativo de 24 gols (28 a 52), representaria o terceiro rebaixamento à Série B, tal como em 2002 e 2014.

ANIVERSÁRIO – O Flamengo acertou com o Sporting de Braga, terceiro colocado do Campeonato Português, com 36 pontos, a três do vice-líder Porto e a seis do líder Sporting de Lisboa, o empréstimo do zagueiro Bruno Viana, de 26 anos, 1,87m, natural de Macaé, a 180 km do Rio, até dezembro, sem custo. O jogador só poderá ser inscrito em março e o Flamengo terá duas fórmulas de pagamento para a compra, pagando 7 milhões de euros (R$45 milhões) em julho ou 8 milhões de euros (R$51 milhões) em dezembro. Bruno Viana recebeu a notícia como presente de aniversário de 26 anos, que completa nesta sexta (5).

Bruno Viana foi revelado no Cruzeiro, que o negociou em 2016 com o Olympiakos, time em que venceu a Copa da Grécia. Foi comprado pelo Sporting de Braga em 2017 e perdeu a posição depois de 22 jogos. O time português rejeitou proposta em 2019 do Lorient, atual antepenúltimo do Campeonato Francês. A notícia foi divulgada hoje (5) pelo jornal A BOLA, de Lisboa.

Foto: Marcelo Cortes / CRF