Treze gols nos seis jogos que abriram na noite de ontem (11) a quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. Dois dias após vencer o São Bento de Sorocaba por 2 x 0, livrando-se do primeiro rebaixamento no Campeonato Paulista, o Santos voltou à Vila Belmiro, derrotou o Boca por 1 x 0, na estreia do técnico Fernando Diniz, expulso aos 22 do segundo tempo, depois de discutir com Miguel Russo, técnico do Boca, e é vice-líder do Grupo C, com seis pontos, a 3 pontos do líder Barcelona.

ENSAIADA – Embora não tenha feito grande apresentação, o Santos mereceu vencer. O gol do lateral-esquerdo Felipe Jonatan, cearense de 23 anos, aos 41 minutos do primeiro tempo, foi de uma jogada ensaiada, com três repetições, pelo novo técnico, no único treino, na véspera do jogo. Pirani e Angelo abriram na direita, deixando o meio livre para o ala Pará, que acionou Kaio Jorge. Ao receber a assistência, Felipe Jonatan teve calma para driblar o goleiro Rossi e finalizar com o gol aberto.

PÊNALTI – Logo na volta do intervalo, o árbitro uruguaio Christian Ferreyra, de 43 anos, que acertou na expulsão dos técnicos, falhou em não marcar pênalti cometido com a mão pelo zagueiro Carlos Izquierdoz, do Boca, ao desviar chute de Lucas Braga. O Santos até tentou ampliar a vantagem, mas o Boca se defendeu bem e só saiu em contra-ataques, sem ameaçar. Os seis cartões amarelos em Buffarini e Villa, e nos santistas Jean Mota, Kaio Jorge, Angelo e Lucas Braga foram bem aplicados.

JOÃO PAULO, Pará, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan (Copete); Balieiro, Jean Mota e Pirani (Kevin Malthus); Angelo (Madson), Kaio Jorge e Lucas Braga – o Santos, da estreia vitoriosa do técnico Fernando Diniz, muito elogiado pela jogada do gol decisivo. O próximo jogo será terça (19) com The Strongest, na altitude de 3.600 metros de La Paz, onde conseguiu a primeira vitória (2 x 0, gols do atacante colombiano Jair Reinoso), na noite de ontem (11) sobre o Barcelona, do Equador, último adversário do Santos.

LIDERANÇA – Em jogo de invictos, o São Paulo, com 7 pontos e ainda sem sofrer gol, pode recuperar a liderança do Grupo E, se vencer o Rentistas, na noite de hoje (12), no estádio Centenário, em Montevidéu, depois da vitória (2 x 0) do Racing, com 8 pontos, sobre o lanterna Sporting Cristal, na noite de ontem (11), em Lima. O São Paulo poupará os titulares para o jogo de sexta (14) com a Ferroviária, no Morumbi, abrindo as quartas de final do Campeonato Paulista, que não ganha desde 2005.

Foto: Paraná Portal