O São Paulo está praticamente eliminado da Libertadores, ao perder (4 x 2) para a LDU, que fez 3 x 0 no primeiro tempo, na noite de ontem (22), no estádio Casa Blanca, em Quito, capital do Equador. Foi a décima quinta derrota nos últimos vinte jogos do São Paulo na Libertadores, e pela primeira vez, com o técnico Fernando Diniz, o time sofreu quatro gols em um jogo. Desde 8 de maio de 2013, quando foi goleado (4 x 1) pelo Atlético Mineiro, o São Paulo não sofria 4 gols em 1 jogo da Libertadores.

MUITO MAL – O São Paulo se apresentou muito mal, principalmente no primeiro tempo, em que a equipe da LDU, do técnico uruguaio Pablo Repetto, de 46 anos, chegou aos 3 x 0 com facilidade. O atacante colombiano Martinez Borja, de 32 anos, fez o primeiro gol aos 21, e o atacante equatoriano Jhojan Julio, de 22 anos, ampliou aos 36 e aos 45. A LDU teve outras chances, não aproveitadas, apesar do domínio quase total, enquanto o São Paulo não criou jogadas que pudessem levar perigo.

CONTROLE – A reação esboçada pelo São Paulo, com o gol do atacante mato-grossense Brenner, de 20 anos, aos 15 minutos, foi logo abafada pela LDU, que marcou o quarto gol aos 31, em boa finalização do atacante equatoriano Billy Arce, de 22 anos, emprestado pelo Brighton & Hove Albion, que recebe sábado (26) o Manchester United pela terceira rodada da Premier League. O segundo gol do São Paulo, aos 37, foi do atacante colombiano Santiago Trellez, que não marcava desde 2018.

A MISSÃO – A LDU lidera o Grupo D com 9 pontos -3 vitórias em 3 jogos -, com 3 gols de saldo (8 a 5)O River Plate, que na noite de ontem (22) voltou a golear (6 x 0) o Binacional, do Peru, depois de fazer 8 x 0 no jogo de ida, é vice-líder com 7 pontos, saldo de 11 gols (16 a 5). O São Paulo, terceiro com 4 pontos em 4 jogos, não tem saldo (8 a 8). Para se classificar, o São Paulo teria que vencer o River Plate, na próxima quarta (30), em Buenos Aires, por diferença de 11 gols!!!

A ÚLTIMA – Bom lembrar: além de sofrer a décima quinta derrota nos últimos vinte jogos como visitante, pela Libertadores, o São Paulo empatou quatro, e a última vitória (2 x 1) foi sobre o Danubio, do Uruguai, em 15 de abril de 2015, no estádio Luis Franzini, em Montevidéu, com os gols de Pato e Centurion, depois que Sosa fez 1 x0. Bom dizer: o São Paulo ficou 11 jogos sem vencer como visitante na Libertadores, repetindo o jejum entre 1992 e 1994. Os brasileiros com mais jogos sem vitória como visitantes são o Vasco, com 13, entre 1980 e 1998, e o Botafogo, com 12, entre 1973 e 2017.

LIDERANÇA – Com 9 pontos, o Palmeiras defende a liderança do Grupo B, hoje (23), em Assunção, com o Guarani, vice-líder com 6. A liderança do Grupo C será decidida hoje (23), na Arena da Baixada, em Curitiba: Athletico Paranaense e Colo Colo, do Chile, têm 6 pontos. Na Arena Beira Rio, em Porto Alegre, o Internacional, líder do Grupo E, com 7 pontos, joga com o Grêmio, vice-líder com 4 pontos.

Foto: Goal