O zagueiro Rafael Tolói, de 30 anos, 1,85m, mato-grossense de Glória d’Oeste, a 300 km da capital Cuiabá, foi convocado pela primeira vez para a seleção italiana que disputará as eliminatórias da Copa do Mundo de 2002 com Irlanda do Norte, Bulgária e Lituânia, um mês depois de obter a cidadania, após duzentos jogos em cinco anos na Atalanta, da cidade de Bergamo. O outro brasileiro convocado foi Emerson Palmieri, de 26 anos, ponta-esquerda formado na base do Santos e vendido pela Roma ao Chelsea de Londres.

EMOCIONANTE – Rafael Toloi classificou a sexta-feira, 19 de março de 2021, como o dia mais emocionante da carreira, iniciada na base do Goiás, onde se tornou profissional em 2009. Em 2012 ele foi para o São Paulo, que o emprestou em 2014 à Roma, e em agosto de 2015 o vendeu por R$14 milhões à Atalanta, quarta colocada do atual campeonato. Rafael Tolói completará 201 jogos pela equipe de Bergamo, domingo (21), na rodada 28 com o Verona, no estádio Marcantonio Bentegodi, em Verona.

MUITO FIRME – O técnico Gian Piero Gasperini, de 63 anos, ex-meia, e os analistas italianos consideram Rafael Tolói um marcador muito firme, que se antecipa bem no desarme e sabe usar a boa estatura de 1,85m. Bom dizer: antes de chegar à Europa, ele foi da seleção sub-20, campeã sul-americana em 2009, ano em que ganhou o primeiro título profissional com o Goiás. Em 2012, Tolói foi outra vez campeão goiano com o Goiás e campeão da Copa Sul-Americana com o São Paulo.

EMERSON – Formado na base do Santos, Emerson Palmieri, de 26 anos, 1,76m, foi lateral e ponta-esquerda campeão sub-15 e sub-17, e ganhou também a Copa São Paulo, a Copa Brasil sub-20, e já como profissional, bicampeão paulista em 2011-12. O Santos o emprestou ao Palermo, em 2015, e depois o vendeu por R$7.500 mil, em 2016 à Roma, que o negociou em 2018 com o Chelsea. O técnico alemão Thomas Tuchel tem escalado Emerson mais como ponta, posição em que também se sente melhor.

O TÉCNICO – Desde maio de 2018, o técnico Roberto Mancini, de 56 anos, dirigiu a seleção em 20 jogos, com 14 vitórias, e nas eliminatórias e Eurocopa terá como assistente Daniele De Rossi, de 37 anos, volante campeão do mundo em 2006, que fez 117 pela Azzurra. Mancini foi tricampeão com a Inter de Milão – 2005-06-07-08 -, campeão inglês 2011-12 com o Manchester City. Como atacante, Mancini foi o maior artilheiro da Sampdoria – 173 gols em 102 jogos -, no único título italiano do clube, em 90-91, com apenas um brasileiro no time, o volante Toninho Cerezo.

NOVIDADE – Além da primeira convocação do brasileiro Rafael Tolói, outra novidade é o meia Matteo Ricci, romano de 26 anos, do modesto Spezia, décimo quinto do campeonato só com seis vitórias em 27 jogos. Outro novato, mas já com destaque, é o zagueiro Alessandro Bastoni, de 21 anos, 1,90m, da Inter de Milão, que terá problema em mantê-lo, devido ao interesse insistente do Bayern, Barcelona e Liverpool. A líder do Campeonato Italiano fixou a transferência em 326 milhões de euros.

Foto: divulgação