O VASCO PRECISA VENCER O CSA NO CONFRONTO DIRETO da noite de hoje (29), em São Januário, para se manter em sexto, depois de cair para sétimo, com a vitória do Guarani sobre o Sampaio Corrêa por 1 x 0, na noite de ontem (28), no estádio Castelão, em São Luis do Maranhão. O Guarani subiu para o sexto lugar com 49 pontos, e se igualou ao Vasco em  vitórias (13), e tem vantagem no saldo de gols (9 a 4). 

LANTERNA AJUDOU – O Vasco só não caiu para o oitavo lugar porque o Náutico, com 45 pontos, que também poderia ultrapassá-lo, perdeu para o lanterna Brasil por 3 x 2, nos acréscimos do jogo da noite de ontem (28), no estádio Bento Freitas, em Pelotas. Para não cair para o oitavo lugar, e voltar ao sexto, o Vasco terá que vencer o CSA, oitavo com 45 pontos, que se o vencer, também o ultrapassará em uma vitória (14 a 13) e continuará em vantagem no saldo de gols.

O DESAFIO – Pela primeira vez, depois de participar de 10 dos 11 gols, desde que saiu do Fluminense e voltou ao Vasco, o meia Nenê desfalcará o time, cumprindo suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo que recebeu no 2 x 2 do último domingo (24) com o Náutico. Andrey será o substituto e a equipe terá a volta do zagueiro Ricardo, que cumpriu suspensão, bem substituído por Walber. Como o Vasco, precisando vencer, reagirá ao desafio de jogar sem Nenê?

NONO JOGO – Fernando Diniz dirigirá o Vasco pela nona vez, quarta em São Januário, desde que estreou em 19 de setembro, e o time pode conseguir a quinta vitória como mandante, após três empates e só uma derrota. O Vasco terá depois mais três jogos em casa, com Botafogo, Vitória e Remo. Além do próximo, terça (2), com o Guarani, em Campinas, os outros jogos como visitante serão com o Vila Nova, em Goiânia, e o Londrina, na última rodada.

PRIMEIRA VEZ – Quem pode aparecer pela primeira vez é o atacante equatoriano Jhon Sanchez, de 22 anos, 1,86m, emprestado pelo Independiente del Valle. Ele está relacionado pela sétima vez entre os que ficarão na reserva e tem chance de entrar no segundo tempo. O time: Lucão, Zeca, Ricardo, Leandro Castan e Riquelme; Bruno Gomes, Andrey e Marquinhos Gabriel; Morato, Cano e Gabriel Pec. 

DIA HISTÓRICO – Nesta sexta-feira, 29 de outubro de 2021, faz 105 anos que o Vasco venceu o primeiro jogo de futebol, 18 anos após sua fundação, domingo, 21 de agosto de 1898, e 11 anos antes da inauguração de São Januário, quinta-feira, 21 de abril de 1927. O Vasco venceu o River FC, do bairro da Piedade, por 2 x 1, na terceira divisão do Campeonato Carioca, na tarde do domingo, 29 de outubro de 1916, no estádio do São Cristóvão, na Rua Figueira de Melo.

BOM LEMBRAR – O time da primeira vitória do Vasco, na época do 2-3-5: Ary, Guedes e Augusto; Lamego, Baptista e Victorino; Adão, Cândido, Bernardino, Oliveira e Costa, autor do primeiro gol, aos 11 minutos. O da vitória foi de Cândido, aos 35 do segundo tempo. Tricampeão do amadorismo em 1922-23-24, e tetracampeão do Torneio Início em 1929-30-31-32, o Vasco ganhou o primeiro título no profissionalismo, em 1934, um ano após a implantação.

Foto: Sportbuzz